Agência de Desenvolvimento e BRDE iniciam oficina para operacionalização do Plano de Desenvolvimento do Norte

A Agência de Desenvolvimento do Alto Uruguai e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) deram início, na tarde de quarta-feira (9) à oficina para operacionalização do Plano Estratégico de Desenvolvimento do Norte (PDR) 2015/2030. A atividade, que se estende até sexta-feira (11), apresenta as estratégias elencadas para a viabilização do acordo de cooperação entre as instituições, visando apresentar às entidades privadas e públicas, a possibilidade de financiamento das metas elencadas para a região, dentro do PDR 2015/2030. Com isso, a região tem até R$ 1 bilhão para serem investidos em projetos, tanto da iniciativa privada, quanto pública.

A solenidade de abertura contou com a presença do presidente do Conselho de Administração da Agência de Desenvolvimento, Eduardo Angonesi Predebon, do vice-presidente, Claudecir Bleil, do secretário de Desenvolvimento Econômico, Altemir Barp, do vereador, Alessandro Dal Zotto, do presidente do Conselho Regional de Desenvolvimento do Norte (Credenor), Paulo Sponchiado e do prefeito de Marcelino Ramos e vice-presidente da Associação dos Municípios do Alto Uruguai (Amau), Juliano Zuanazzi, bem como de lideranças regionais.

Além da abertura oficial do evento, as ações de quarta-feira contaram com plenária inicial, apresentação do PDR 2015/2030, visão do BRDE, plenária de teste e nivelamento. Seis técnicos do BRDE além da direção de planejamento do Banco participam das atividades. O PDR 2015/2030 elencou 80 iniciativas que visam o desenvolvimento de toda a região.

“Esse acordo inédito no Rio Grande do Sul é de suma importância, pois é a oportunidade de obter recursos para a execução dos projetos constantes no Plano de Estratégico”, declarou o presidente do Conselho de Administração da Agência de Desenvolvimento, Eduardo Angonesi Predebon.

As oficinas para operacionalização do PDR 2015/2030 são realizadas no auditório da Faculdade Anglicana de Erechim (FAE). No dia 10 de maio, as programações acontecem das 8h às 12h e das 14h às 19h, com sessões abertas nas áreas da agricultura, indústria, saúde, educação, turismo, infraestrutura, entre outras, além de espaço empresarial e municipalidades. Para o último dia do evento, 11 de maio, as atividades acontecem das 8h às 12h com apresentação de projetos macrorregionais. A participação no evento é gratuita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *