Histórico

Síntese Histórica
Em 26 de novembro de 2004, através de lideranças, foi instituída a Agência de Desenvolvimento do Alto Uruguai – AD Alto Uruguai, adquirindo personalidade jurídica em 24 de março de 2005, motivada por uma visão de desenvolvimento integrado, que permitisse que a região, composta por 32 municípios, ao longo dos  anos seguintes, melhores condições socioeconômicas e maior qualidade de vida para os cidadãos.
No período de setembro de 2005 a março de 2006, com apoio do Sistema do Fecomércio e SEBRAE, foi realizado o Diagnóstico Socioeconômico da região com vistas à elaboração do Planejamento do Alto Uruguai Gaúcho.
Em 06 de junho de 2006, foi apresentada a síntese do Diagnóstico e na mesma oportunidade foi firmado o “Pacto de Desenvolvimento do Alto Uruguai” entre a AD Alto Uruguai e lideranças público–privadas de todos os municípios da região, destacando-se os prefeitos da AMAU – Associação dos Municípios do Alto Uruguai, com o propósito amplo de elaborar e implantar o Planejamento e a Gestão Estratégica de Desenvolvimento Sustentável do Alto Uruguai Gaúcho, com base em diversos princípios formalizados na ocasião.
Nesse mesmo período foi firmado um convênio de apoio financeiro entre AD Alto Uruguai e AMAU, com o propósito de auxiliar a AD Alto Uruguai na sua manutenção, bem como no alcance de seus objetivos sociais, fortalecendo as economias dos municípios associados, visando o desenvolvimento econômico e social e geração de maiores oportunidades de emprego e renda para os cidadãos da região.
Em 23 de março de 2007, foi feita a instauração formal do processo de Planejamento Estratégico do Alto Uruguai Gaúcho, onde foi apresentado o marco conceitual, a metodologia, as etapas do trabalho e a proposta de estrutura organizacional da comunidade para participar da discussão e da elaboração do seu planejamento estratégico e do processo decisório no que respeita à eleição de diretrizes gerais, objetivos e programas estratégicos.
Em 18 de abril de 2007, foi validado pela comunidade, composta de inúmeras lideranças públicas e privadas, o documento que descreveu, entre outros, as necessidades, potencialidades, sugestões e tendências do desenvolvimento socioeconômico regional.
Em 09 de julho de 2007, quando da instalação do Conselho de Gestão e Planejamento Estratégico do Alto Uruguai Gaúcho, foram definidos os setores e objetivos estratégicos para o desenvolvimento sustentável da região. Posteriormente, a AD Alto Uruguai passou à mobilização dos grupos setoriais.
Em 26 de outubro de 2007, a AD Alto Uruguai submeteu à deliberação do Conselho de Gestão do Planejamento Estratégico do Alto Uruguai Gaúcho as diretrizes sugeridas. Na mesma oportunidade, apresentou subsídios para a formulação da estratégia de desenvolvimento regional, desdobrada em dois pilares: mundo rural e economia industrial urbana.